TESOUROS DO CORAÇÃO

 

        Não importa o tipo de atividade que exerces no campo abençoado do serviço.  Deus não olha a espécie de traba-lho a que te consagras, todavia, analisa a extensão do teu amor e da tua paciência no trato com os colegas de profissão.

        Não importa o teu padrão de vida nem a posição que ocupas dentro da sociedade.  Deus não mede o tamanho de tua casa nem pesa o alimento que possuis.  Ele, contudo, não pára de avaliar-te quanto a humildade e a fé, a esperan-ça e a bondade nas lições ininterruptas que o tempo conseguiu ensinar-te.

        Não importa a religião que professas no educandário efêmero da Terra, como medida de enobrecimento do teu espírito imortal.  Deus não valoriza os templos de pedra nem as cerimônias pomposas que os homens usam para reverenciar-Lhe o nome, exaltando o amor ao próximo, quando não raro os deserdados do mundo ficam privados de participar.  Entretanto, Ele se emociona diante da fé pequenina mas sincera que algumas criaturas agasalham no templo íntimo do coração.

        Não importa o partido político a que te filias nem o time que escolheste para extravasar as tuas emoções.  Deus não Se envolve nos passatempos de Seus filhos mas admira a coragem e a persistência dos que torcem para o time universal do amor e do perdão e lutam pelo partido da caridade.

        Não importa a nacionalidade que tens.  Deus não Se preocupa em saber onde nasceste mas Se comove com a tua linguagem nobre, traduzindo a lição insuperável da luz no verbo dosado de encorajamento.

        Não importa a cor da tua pele.  Deus te ama pela pureza com que delineias  a tua própria alma.

        Irmão, tu és convidado à análise da tua vida.

        As coisas exteriores passam rápido.

        O tempo corre e muitas vezes tu sentes dificuldade em acompanhá-lo.

        Não ligues demasiada importância as tuas ilusões.

        Preocupa-te em fazer o melhor que estiver ao teu alcance, sem esmorecimento.

        Conserva-te tranquilo, gozando a felicidade relativa que podes desfrutar no meio de tantas pessoas que te respeitam.

        Não abandones o teu ofício, a tua bendita oficina de regeneração e aprendizagem.

        Evita falar mal de quem quer que seja.

        Quem muito fala, pouco produz.

        A vida é uma bênção e um privilégio.

        Aproveita o tempo disponível e as experiências que acumulas para buscares sempre mais amor e paz, alegria e pureza, bondade e tolerância, uma vez que estas virtudes são as únicas que permanecem como os legítimos tesouros do coração.

 

               (Extraído do meu livro “Conquistas do Coração”)

Enquanto alguns fecham portas, eu abro janelas.
Enquanto alguns levantam muros, eu derrubo barreiras.
Enquanto alguns criam obstáculos, eu indico caminhos.
Enquanto alguns se debatem com problemas, eu aponto soluções.
Enquanto alguns andam com o freio de mão puxado, eu voo com o vento.
Enquanto alguns se reviram em pesadelos, eu mergulho direto nos meus sonhos.
Enquanto alguns dificultam, eu gosto de facilitar.
Enquanto alguns desistem, eu continuo em frente.
Enquanto alguns reclamam, eu planejo.
Enquanto alguns discutem, eu realizo.
Enquanto alguns fazem sombra, eu prefiro ser um ponto de luz.
Enquanto alguns hesitam, eu tomo uma atitude.
Enquanto alguns pensam em morrer, eu decido viver.
E, enquanto alguns usam máscaras, eu mostro a minha cara.
A vida é tão passageira... por isso, eu não deixo para amanhã o que eu posso fazer hoje. A vida é tão incerta... por isso eu não deixo escapar as oportunidades que se apresentam. A vida é tão dura e já me fez sofrer tanto... por isso eu corro atrás do que me faz bem. A vida depende das nossas escolhas. Por isso, eu escolho ser amiga dos meus amigos; de levantá-los quando caídos; de abraçá-los quando carentes e, de apoiá-los quando não souberem o que fazer. Eu escolho amar sem medo, sem limites, sem preocupações desnecessárias com o futuro ou com o passado, mas simplesmente pelo prazer de amar, de proporcionar tudo de bom para quem possa merecer o meu amor, a minha dedicação, o meu carinho, a minha ternura, ainda que o retorno não seja 100% garantido porque arriscar faz parte da vida que é verdadeiramente bem vivida.

 

                   Elisabeth Souza Ferreira

 A VIDA DEPENDE DE      NÓS

© 2023 por Amante de Livros. Orgulhosamente criado com Wix.com

  • Facebook B&W
  • Twitter B&W
  • Google+ B&W