Quando o assunto é 

traição...

            Quem já não encontrou um fio de cabelo longo e claro na jaqueta ou camiseta do maridão? E ficou se perguntando de quem seria aquela melena diferente da sua... Pois é, isso acontece com muito mais frequência do que se imagina. E, quando acha uma marca de batom ou mancha de base difícil de ser removida da roupa dele? E aquele perfume mais adocicado do que o seu? De onde teria saído? Se confrontado, certamente ele dirá que deve ter sido de uma cliente ou colega de trabalho ou até mesmo de uma amiga de infância que abraçou na rua sem maldade nenhuma. Até aí, a casa balança mas não chega a cair.  Um dia depois do outro e a gente logo esquece, não é mesmo? Para que começar uma discussão se a vida já anda tão complicada? O tempo vai passando e outras coisas vão acontecendo. O telefone que toca e ninguém fala nada do outro lado da linha; o inacessível celular que ele coloca debaixo do travesseiro quando dorme e carrega no bolso até quando vai usar o banheiro; os atrasos cada vez mais frequentes para chegar em casa e as crescentes queixas de cansaço para maiores intimidades... Vamos fazendo vistas grossas, relevando ao máximo para não dar um estouro. Mas, de repente, a desconfiança pode aumentar quando ele aparece com a cueca virada do avesso e suja. E, como se não bastasse isso, outro longo fio de cabelo enroladinho dentro de uma de suas meias que parece ter sido colocado de propósito por alguém para você achar. Daí ficamos com a pulga atrás da orelha sem saber o que pensar porque esses são os sinais mais comuns de que há algo muito errado  acontecendo no nosso relacionamento.

          O tempo que ficamos com alguém nunca é suficiente o bastante para que a conheçamos profundamente bem. Há pessoas que escondem outra identidade por baixo daquela imagem que elas apresentam a sociedade. Sabem mentir de uma forma tão elegante e convincente que acabam acreditando na própria mentira e posando de vítimas como se nós estivéssemos sendo paranóicas por questionarmos o seu comportamento.

          Quem mente rouba a boa fé das outras pessoas. E não acredita que a mentira tenha pernas curtas e que logo ela poderá cair por terra, deixando-o sem crédito perante todos. Por isso, ele investe cada vez mais na enganação, achando que vai conseguir justificar uma mentira com outras mentiras ainda mais relevantes. E segue em frente com sua lábia sedutora até que um dia a sua máscara caia no chão e revele o verdadeiro lobo que se escondia por baixo de sua pele de cordeiro.  

          Nunca devemos confiar cegamente numa pessoa, por mais que ela nos pareça ser quase perfeita porque pessoas perfeitas não existem. O que nos cega com relação aos seus defeitos é o amor que sentimos por ela. E quando existe muito amor envolvido é difícil enxergar a pessoa amada como realmente ela é. Por isso, quando os outros tentam nos abrir os olhos, alertando-nos que estamos diante de um demônio de duas caras, insistimos em continuar seguindo em frente com ele nem que seja rumo ao inferno. Quando se está apaixonado é quase impossível se render às evidências. E quanto mais confiarmos em alguém, maior será a nossa decepção caso ela venha a acontecer. Seja por motivo de traição ou violência doméstica. E a dor da decepção amorosa é quase insustentável porque fere os brios da alma que nenhum remédio de farmácia tem eficácia para combater.

          Com a facilidade dos relacionamentos modernos, é muito comum os homens serem polígamos e conciliarem dois ou mais relacionamentos afetivos no mesmo período de tempo. Há os que se atrapalham trocando os nomes e os endereços das pessoas envolvidas ou cometendo outros tipos de gafes e acabam sendo descobertos com a boca na butija. E há os raríssimos que conseguem fazer a felicidade feminina, apesar da grande demanda porque as mulheres costumam ser exigentes e não deixam barato uma traição. Elas também traem quando percebem que estão sendo traídas a fim de se vingar ou por necessidade mesmo quando o cara com quem estão não está conseguindo mais dar conta do recado. De uma forma ou de outra, traição não é a melhor saída para a crise num relacionamento. Quando as coisas não vão bem, a solução é sentar e conversar, um olhando para o outro e que a verdade sempre prevaleça. Uma traição poderá ser perdoada mas uma mentira jamais será esquecida.

          Procure ser sincera em todas as ocasiões. E se estiver desconfiada de que está sendo traída, pense muito antes de optar por uma separação. Não vá sair correndo para entregar de bandeja a pessoa que você ama para quem ela está apenas tendo um caso passageiro. Pode ser apenas uma febre momentânea. Mas, dependendo muito da sua atitude, o que é apenas uma brincadeira pode virar algo muito mais sério.

          Se você perguntar para a maioria dos homens divorciados quem pediu a separação, verá que a maioria dos pedidos partiu das esposas e não deles. Os homens fazem coisas absurdas mas acabam voltando para casa arrependidos. Mentem, prometem castelos e voltam a fazer besteiras e se arrepender. Mas, a maioria volta. Eles são inseguros e por mais velhos que estejam, às vezes agem como moleques para se autoafirmar. Quase nunca admitem ser abandonados. Não toleram um pedido de divórcio. A maioria dos crimes passionais ocorre por não aceitarem o fim do relacionamento. Lembro-me de um caso que fiquei sabendo onde o marido trocou a esposa e o lar com os filhos adolescentes por uma jovem bem mais jovem do que ele. Passou um determinado período, ele sofreu um derrame em plena via pública e foi conduzido imediatamente ao hospital. Diante das sequelas que ficaram do derrame, a jovem não quis mais ficar com ele, abandonando-o a própria sorte. A esposa que havia sido traída, então, o levou de volta para casa e passou a cuidá-lo. Não sei se o casal ainda está junto atualmente mas o tal homem recebeu uma grande lição. Não se troca uma pessoa que nos ama de verdade por alguém que nos vê apenas como um passatempo. Evite os riscos de perder um amor verdadeiro pelo prazer momentâneo de uma aventura. Valorize quem ama você.

          As pessoas não são perfeitas. Não busque a perfeição porque não irá encontrá-la. Cuide do ser amado. É alguém que pode cuidar de você, fazer companhia, arrancar sorrisos e lágrimas. E fazer você se sentir viva. Pense muito antes de se separar se for por um motivo fútil ou até mesmo uma traição. Os homens não têm prazo de validade. Charles Chaplin engravidou uma mulher quando estava com 80 anos. Sua filha, Geraldine Chaplin também se tornou atriz. Os homens podem estar carecas e pançudos, pobres e doentes mas sempre haverá uma mulher disposta a resgatá-los. Já as mulheres depois de um certo tempo, dependendo de como estiverem fisicamente, fica bem mais difícil. Pense nisso. Não que uma mulher precise de um homem para ser feliz. Mas a solidão não faz bem para ninguém. Se você teve a sorte de encontrar alguém para amar, não jogue essa oportunidade no lixo. Cuide do seu jardim para que seja sempre florido. Os homens são como as borboletas que voam. Eles estarão sempre por perto. E sempre voltarão...

             ÀS ESCURAS

      Às vezes, a gente pensa que sabe tudo em matéria de relacionamentos. Um pouco de experiência e pronto. Parece que somos "experts". Nos sentimos inatingíveis pelo que vemos acontecer com outras pessoas ingênuas e despreparadas. Achamos que jamais vamos entrar numa furada porque enquanto as outras  estão indo, nós já fomos e voltamos inúmeras vezes. Temos uma inteligência acima da média. Bom, isso é o que imaginamos. Mas, nem sempre é o que acontece.

      Todo relacionamento deve ser às claras. Nada justifica namoro às escondidas.

      Se aceitamos um envolvimento sentimental com outra pessoa sem que as demais saibam, estamos involuntariamente dando margem para que a mesma se sinta no direito de cantar qualquer outra que encontre pelo caminho, da mesma forma que também estamos permitindo que ela seja cantada por tantas quantas não souberem o que está rolando nos bastidores do grande palco da vida.

      O mundo está cheio de homens casados que escondem a aliança, só para você pensar que eles são livres. Evitam sair em público e não gostam de tirar "selfies". Preferem frequentar a sua casa mas não querem que você conheça o lugar aonde moram. E assim o tempo vai passando até você ser completamente fisgada pelas gentilezas e aparente caráter impoluto. Daí será tarde. Quando você descobrir pela boca dos outros, estará tão envolvida e ficará muito mais difícil o rompimento. Portanto, cuidado.  Você já parou para pensar que ele até pode não ser casado no papel mas ter uma união estável com outra mulher? Você acredita que ele não gosta mesmo de crianças e possivelmente até tenha filhos por aí? Não aceite nada no escuro porque se você aceitar, poderá vir a ter grandes surpresas no futuro. Se aceitar, estará permitindo que ele tenha muitos outros casos paralelos ao mesmo tempo. Estará consentindo ser usada pelo período que ele quiser e não tenha responsabilidade alguma na hora em que resolver partir. Estará dando a ele o direito de lhe enganar do mesmo jeito que engana as outras, amigas suas ou não.

      Se você está passando ou já passou por uma situação desse tipo, saiba que você não é completamente uma vítima das circunstâncias. Você permitiu.

      Se você divide o mesmo teto com um cara que não lhe assume, depois não reclame. Aprenda a se impor desde o início. Se ele não lhe assumir agora, não lhe assumirá depois. Por que permitir que ele viva com você e continue se intitulando solteiro nas redes sociais? Por que ele não leva você junto nas festas da firma onde trabalha? Por que deixar que ele faça as compras sozinho como se não tivesse ninguém para acompanhá-lo?

      Os homens quando querem alguma coisa com uma mulher, pintam verdadeiros castelos. Mesmo que lhe peçam para manter tudo em segredo, abra a boca. Escancare o rolo. Mesmo que ninguém tenha nada a ver com a sua vida, conte para a sua melhor amiga. Conte para a sua família. Não entre no jogo dele. Valorize-se. Nem todos são sem-vergonhas mas, fique atenta.  Se alguém souber alguma coisa sobre ele, poderá comentar com você e lhe abrir os olhos para que não caia no abismo. Se ninguém souber, ninguém poderá vir em sua defesa.  Se você ceder ao jogo da sedução e manter tudo em sigilo, não será totalmente uma vítima. Terá a sua parcela de culpa por ter concordado com um namoro às escuras.

      Exija tudo às claras. É a melhor maneira de preservar a sua dignidade e ficar protegida contra os relacionamentos plurais que tanto empobrecem os valores humanos.

© 2023 por Amante de Livros. Orgulhosamente criado com Wix.com

  • Facebook B&W
  • Twitter B&W
  • Google+ B&W