DIETA BUDISTA

Os monges budistas da Tailândia têm permissão para fazer apenas uma refeição diária. Baseando-se nessa perspectiva, é possível elaborar-se uma dieta onde a pessoa faça uso de uma alimentação sólida e nutritiva uma única vez ao dia. Ou seja, só existe o almoço onde você pode comer tudo o que gosta e tem vontade, com direito à sobremesa. É claro que, é preciso ter consciência de que o prato deve conter proteína, carboidratos, verduras e frutas, haja vista que eles são necessários para a manutenção da saúde. Não adianta almoçar somente lasanha ou feijão com arroz durante uma semana inteira achando que tudo ficará bem. O organismo precisa de alimentos variados, coloridos e em quantidade equilibrada, sem muitos exageros. Não se deve ingerir sempre a mesma coisa. É bom mudar o cardápio para não enjoar a comida. E como você vai comer apenas uma vez ao dia, aprenderá a ser mais seletivo com a própria alimentação. Ao acordar, você pode ingerir uma ou duas xícaras de café com leite, chá ou vitamina com frutas batidas no liquidificador. Ou até mesmo beber iogurte. Quanto mais líquido, melhor. E muita água. Ao longo do dia, sempre que o estômago reclamar, apenas dieta líquida. Os primeiros dias exigirão muita força de vontade para não ter uma recaída, principalmente se a pessoa estiver acostumada a beliscar salgadinhos, doces e outras besteiras fora de hora. E o principal, não jantar. Comer à noite e depois ficar sentado no sofá ou deitado na cama é o pior hábito para quem deseja perder peso. No começo, será difícil mas depois o corpo se acostuma e a pessoa não sentirá mais fome antes de dormir. Tudo é uma questão de hábito. Essa dieta não garante um corpo de top model mas fará você se sentir mais leve, menos inchada e mais elegante para curtir uma vida feliz.


1 visualização0 comentário

© 2023 por Amante de Livros. Orgulhosamente criado com Wix.com

  • Facebook B&W
  • Twitter B&W
  • Google+ B&W